fbpx

6 cuidados que você precisa ter para tirar fotografia aérea

Obter uma fotografia aérea de qualidade é um desafio inclusive para profissionais da área e exige, além de planejamento, condições climáticas favoráveis e uso de equipamentos ideais.

Pode ser tirada por meio de qualquer veículo aéreo: balão, helicóptero, ônibus espacial. Mas por essas opções serem inacessíveis, muitas vezes, pelo alto custo de aquisição ou locação, o uso de aeronaves não tripuladas é o mais comum para essa atividade — como drones, VANTs (Veículo Aéreo Não Tripulado) ou RPAs (Remotely Piloted Aircraft — Aeronaves Remotamente Pilotadas).

Dessa forma, os drones se tornaram usuais na fotografia aérea, já que são mais acessíveis e adaptáveis do que aeronaves comuns e produzem resultados impressionantes — pois, se utilizados da forma correta, são capazes de captar excelentes imagens panorâmicas.

Pensando nisso, o objetivo deste artigo é apresentar quais os cuidados que se deve ter para tirar fotografias aéreas incríveis com drones. Confira!

1. Priorize a segurança

A segurança começa quando o operador do veículo aéreo se certifica das condições do equipamento, das pessoas e instalações no seu entorno e em todas as possíveis ocorrências que podem colocar a integridade física dos envolvidos em risco. Para garantir essa segurança:

Além disso, é preciso conferir as regras de voo com drones, determinadas pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), a Portaria DAC Nº 207, complementado por atos normativos do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) e da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

2. Confira as condições climáticas

Essa é uma prática muito importante, já que os voos ocorrem ao ar livre. Além disso, a medida em que se ganha altura, os ventos ficam mais fortes e, mesmo com recursos de estabilização das câmeras, sempre é possível ocorrer oscilações nas imagens — que podem ser evitadas quando não se ultrapassa 3 segundos de velocidade em voos de baixas altitudes.

Além de conferir, em aplicativos de previsão de tempo, as condições climáticas no local da fotografia aérea, também é importante verificar a iluminação do local: posição do sol, presença de reflexo no solo ou na água. No entanto, os filtros podem ajudar a corrigir a claridade, caso seja preciso.

3. Faça um planejamento prévio

Algumas ações simples e preventivas podem evitar ocorrências indesejadas de imagens mal feitas. Acompanhe:

  • crie um plano de voo e escolha a rota a ser seguida;
  • sobrevoe a cena antes para conferir possíveis obstáculos;
  • tire algumas fotos antes para testar ângulos mais interessantes;
  • verifique se todos os equipamentos estão fixados ao drone;
  • teste todas as funcionalidades do veículo;
  • carregue baterias suficientes;
  • confira se o cartão de memória tem espaço disponível;
  • calibre a bússola do drone sempre que chegar ao novo local para evitar confusões com o GPS (Global Positioning System);
  • paire por alguns segundos antes de voar em linha reta assim que as hélices estiverem ligadas, a fim de ter tempo de ajustar o drone;
  • avise as pessoas sobre a presença do equipamento.

4. Configure a câmera corretamente

Utilize algumas configurações específicas para obter resultados superiores:

Modo RAW

Fotografe em RAW para, posteriormente, corrigir a exposição e ajustar algumas cores com mais controle pelo aplicativo de edição de imagens, principalmente em câmeras com capacidade de até 12MB.

Modo Manual

Assim, é possível ter mais controle sobre a velocidade de disparo e o ISO da fotografia, que podem variar entre 100 a 1.600 — entretanto, tenha em mente que valores menores minimizam a ocorrência de ruídos. Por fim, ajuste a fotometria variando a velocidade do obturador.

Módulo Bracketing

Essa é uma técnica para fotografar uma única cena repetidas vezes em exposições variadas (balanceada, maior e menor exposição), caso ocorra erro na fotometria da fotografia principal. Ainda é possível editar fotografias com HDR (High Dynamic Range) para recuperar detalhes em pontos de baixa e alta iluminação.

Filtros

Filtros de densidade neutra (também chamados de ND) aumentam a aparência cinematográfica das imagens, uma vez que parte da luz que entra no visor da câmera pode ser bloqueada e a captura acontece com menor velocidade de disparo. Esse tipo de filtro também pode reduzir o efeito rolling shutter e flare.

Apesar de ser interessante, esse recurso pode não ser viável em locais de pouca luz, pois, em caso de iluminação inferior, é necessário reduzir a velocidade — o que pode causar tremores no momento da fotografia aérea.

Para que alguns tipos de filtros sejam usados é necessário ter o controle total sobre sua variação na cena, o que pode acontecer também com o filtro de polarização circular (que precisa ser girado para polarizar a luz) — que, no drone, não pode ser utilizado pela falta de controle do equipamento.

O filtro polarizador pode ser uma opção somente para obter imagens de melhor aparência, pois reduzem o brilho das fotografias e aumentam a saturação e o contraste da cor.

5. Utilize programas de edição

Além disso, não compartilhe as fotos e vídeos em redes sociais diretamente da câmera antes de fazer uma edição: são muitas as possibilidades de aprimorar o resultado; além do mais, a criatividade na montagem da estrutura da foto é essencial para obter imagens surpreendentes.

Podem ser escolhidos programas de edição de imagens como o Lightroom e o Nik Collection para computadores e aplicativos como Snapseed ou VSCO para dispositivos móveis.

6. Escolha o equipamento certo

O drone é o veículo aéreo ideal para se conseguir fotografias: é mais acessível e, por ser mais barato, oferece recursos controláveis remotamente; além disso, é de fácil operação, não exige habilitação e é intuitivo.

Apesar disso, para que os resultados sejam superiores, é preciso que, além de habilidades técnicas com a câmera fotográfica e pleno conhecimento das funcionalidades e recursos que estão à disposição, o drone também tenha qualidade e seja capaz de voar perfeitamente enquanto as fotos são tiradas.

E aí, o post foi útil para você? Então, aproveite a visita e conheça as melhores opções de drones que estão disponíveis no mercado para fotografia aérea. Boa leitura!

O que você acha disso? Deixe aqui a sua opinião!

Endereço

  • Manutenção e Vendas: CLN 208 Bloco B loja 45
  • Escritório: SRTVS Quadra 701 Ed. Palácio do Rádio nº130
  • (61) 3222-1802
  • (61) 99616-5117

REDES SOCIAIS

Assine a Newsletter

Tudo sobre Drones, assine e não se arrependa!




MultiDrones © 2012 - 2018. Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por WOHO MKT

Minimum 4 characters