fbpx

Saiba como ter maior eficiência no monitoramento de obras

É notável que a competitividade no setor construtivo tem aumentado bastante e, por isso, muitas empresas vêm sentindo a necessidade de implementar novas práticas de monitoramento de obras.

No entanto, é claro, que, independentemente da técnica escolhida, o objetivo deve ser sempre garantir o retorno dos investimentos, evitar desperdícios e reduzir custos.

Dentre as atividades que fazem parte do monitoramento, estão a gestão de qualidade, o sequenciamento de tarefas, o acompanhamento de prazos, entre outras. O volume de informações que precisam ser contabilizadas é enorme, o que acaba dificultando a execução dessa tarefa.

Dessa maneira, as inovações tecnológicas começaram a participar do cotidiano de muitos canteiros de obras, já que permitem a centralização de dados e o seu acompanhamento de forma mais prática, ágil e eficiente.

Para entender como funciona a inspeção de obras e como realizá-la com mais eficiência, continue acompanhando este post! Vamos lá!

O que é o monitoramento de obras?

Garantir que os serviços sejam executados de acordo com as especificações contidas no planejamento do projeto é o principal objetivo do acompanhamento de obras.

Assim, gastos desnecessários e retrabalhos são evitados. Mas, para isso, todas as tarefas do empreendimento precisam ser monitoradas, já que, normalmente, são realizadas por equipes diferentes.

Portanto, para conseguir identificar desvios e providenciar correções rápidas, é fundamental que as fiscalizações e vistorias sejam feitas de forma rotineira. Caso esse monitoramento seja negligenciado, o projeto estará sujeito a uma série de imprevistos e prejuízos, como atrasos na entrega.

Como é o funcionamento dessa tarefa?

O monitoramento de obras ideal abrange inúmeros aspectos estratégicos e preventivos, como veremos a seguir! Acompanhe!

Planificação orçamentária

Uma inspeção eficiente deve assegurar que os gastos diretos e indiretos — como aquisição de materiais, aluguéis de equipamentos e mão de obra — estejam dentro do planejamento financeiro realizado previamente. Além disso, é preciso garantir que exista uma reserva para que eventualidades sejam cobertas sem que o andamento da obra seja prejudicado.

Calendário praticável

O monitoramento precisa certificar-se de que o cronograma fez o levantamento de todas as atividades necessárias para a conclusão do projeto. Ele também deve cuidar para que as tarefas obedeçam uma ordem cronológica realista para que possam ser realizadas, a fim de evitar interdependências e atrasos.

Programação de compra

Outro pilar do monitoramento de obras é a administração do programa de compras. É preciso que esse programa seja construído com base nos dados sobre as necessidades de cada etapa da construção para que não ocorram interrupções indesejadas. E a inspeção entra aqui, atestando que os fornecedores foram contatados com antecedência para tal.

Responsabilidades trabalhistas

Os deveres trabalhistas que envolvem a construtora, os prestadores e os funcionários também são fiscalizados pelo acompanhamento de obras. Ela avaliará se todas as normas de segurança no trabalho e de saúde estão sendo cumpridas.

Sistema de comunicação

Para que a inspeção do andamento do projeto seja feita de forma eficiente, é indispensável que exista um sistema integrado de comunicação. É por meio do monitoramento que se descobre pendências, prioridades e metas, garantindo que elas sejam delegadas e resolvidas pelos seus devidos responsáveis.

Softwares e tecnologias

Por último, mas não menos importante, fazer uso de soluções tecnológicas para verificar a obra é importantíssimo, afinal, todos os departamentos precisam ser executados em tempo ágil e otimizados. Alguns aparelhos, como drones, permitem que as informações sejam acompanhadas remotamente, o que aumenta a eficiência geral e reduz a incidência de falhas.

Por que utilizar os drones no monitoramento?

Aproveitando a menção desse aparelho voador, veja, abaixo, quais são as principais vantagens de utilizá-lo para inspecionar o andamento do projeto!

Economia de tempo

Mesmo que os assuntos sejam bastante complexos, perder tempo tentando solucioná-los não é o cenário ideal. Ao contrário do que se acredita, não é necessário estar presente para resolver possíveis problemas. Tenha em mente que a tecnologia existe para ajudar a potencializar os trabalhos e economizar tempo.

Com os drones, todas as informações essenciais para o monitoramento do projeto são facilmente captadas, armazenadas e compartilhadas, permitindo que os empecilhos sejam solucionados muito mais rapidamente.

Agilidade na comunicação

A base para que não haja erros em qualquer campo de trabalho é a boa comunicação. Em uma obra, esse fator é mais importante ainda, já que a comunicação falha implica em erros de execução, atrasos, retrabalhos e outros prejuízos indesejáveis.

A capacidade que os drones têm de realizar filmagens aéreas e coletar informações de qualquer lugar é uma utilidade excepcional que, certamente, fará com que o acompanhamento seja feito de forma mais eficaz, estimulando uma melhor comunicação entre as partes interessadas pela rápida troca de dados.

A partir disso, a possibilidade de existirem lacunas nos contatos entre empresas, fornecedores, contratantes, funcionários e terceirizados diminui drasticamente.

Otimização de processos

Com dito no tópico acima, as empresas poderão coletar dados estratégicos mais rapidamente a partir dos drones. Isso também impulsiona a comercialização do empreendimento, além de proporcionar novas alternativas de desenvolvimento, agilizando processos.

Com esses equipamentos voadores, cada passo da obra é planejado de uma forma mais efetiva, permitindo visualizar mais claramente o resultado final e até fazer avaliações topográficas de projetos futuros.

Diminuição de desperdícios

O monitoramento de obras pode ser otimizado com os drones, visto que essa é uma tecnologia acessível e que ajuda a avaliar a segurança da obra, além de fornecer documentação fotográfica com um custo mais baixo do que aeronaves tripuladas ou helicópteros que costumavam ser usados.

E como a redução de custos é um processo crucial na evolução do projeto, economizar verba contribuirá bastante para que o empreendimento final seja um sucesso.

Até aqui, você pôde notar que, apesar de não terem sido idealizados para tal, os drones se tornaram peças fundamentais para a otimização dos processos realizados na construção civil. Essa é uma das soluções tecnológicas que garantem ao projeto mais segurança, mobilidade, qualidade e eficiência — constituindo uma ótima maneira de eliminar burocracias internas e conectar as diversas partes envolvidas na obra.

Agora que você entendeu a importância de fazer o monitoramento de obras e como utilizar os drones para isso, leia nosso post para saber se é possível fazer mapeamentos aéreos de qualidade com drones da DJI! Até mais!

Minimum 4 characters
%d blogueiros gostam disto: