fbpx

Fique por dentro das últimas inovações no mercado de drones

A tecnologia tem transformado o modo como as pessoas veem o mundo. Isso fica ainda mais evidente quando o assunto está associado às últimas inovações em drones disponíveis no mercado.

Para tornar seus produtos, serviços e processos mais qualificados, acessíveis e atrativos ao público, empresas de diferentes segmentos utilizam esse tipo de veículo em suas operações.

Embora grande parte do uso de drones esteja relacionada às atividades de fotografia e comunicação, novas aplicações têm sido mais comuns até por entidades e governos, que estudam meios de agilizar a distribuição de medicamentos e de efetuar o salvamento de pessoas em casos de afogamento, por exemplo.

Diferentemente do que a maioria das pessoas imagina, a história dos drones não é tão recente.

Os primeiros protótipos dos VANTs (Veículo Aéreo Não Tripulado) surgiram ainda no início do século XX, durante a Segunda Guerra Mundial, na forma de torpedos aéreos controlados por ondas de rádio.

Suas funcionalidades e seus recursos foram aprimorados ao longo dos anos, quando passaram a ser utilizados para monitoramento e espionagem durante o período da Guerra Fria. Finalmente, com investimentos e novos recursos, chegou-se ao protótipo que conhecemos hoje.

Neste artigo, destacamos algumas das últimas inovações em drones do mercado. Então, continue a leitura e confira!

Reconhecimento facial

Com a ajuda de uma câmera e do chamado deep learning — aprendizado profundo de máquinas que utilizam dados e algoritmos para promover a inteligência artificial em aparelhos autônomos —, drones já podem realizar o reconhecimento facial e responder a estímulos sonoros, a partir da identificação de uma frequência específica.

Esse tipo de recurso possibilita que os drones persigam e monitorem pessoas e objetos em movimento. O usuário do equipamento é quem determina qual será o alvo, por meio de um toque sobre a imagem da pessoa na tela.

O resultado impressiona, mas como a tecnologia promove voos autônomos, ou seja, sem que uma pessoa precise operá-los, é totalmente proibida no Brasil e levanta uma preocupação acerca da legalidade do ato de perseguir cidadãos de forma não consensual.

Entrega de medicamentos

Os drones podem ainda levar medicamentos, sangue e vacinas em locais remotos, de difícil acesso ou acometidos por epidemias que comprometam a integridade física das pessoas que realizariam essa entrega se não fosse a existência dessa tecnologia.

Além disso, a rapidez com que o veículo pode se movimentar facilita e agiliza o atendimento com esses insumos em situações de emergência — como é o caso de uma bolsa de sangue que pode ser utilizada para realizar transfusão e salvar uma vida.

A empresa SMXCom, por exemplo, apresentou na DroneShow — feira anual de drones realizada no país— um hexacóptero que pode percorrer até 500 metros de distância, a 15 metros de altitude e com velocidade de até 32 km/h.

Resgate na água

Recentemente, um drone fez o resgate de banhistas que se afogavam em uma praia da Austrália, numa operação considerada pioneira com o uso dessa tecnologia.

No Brasil, já são desenvolvidos equipamentos com um sistema de resgate chamado SARtube, que acompanha uma boia autoinflável e um software de aproximação para calcular o lançamento automático que solta as boias para que a pessoa possa se segurar até a chegada do resgate humano.

Delivery de alimentos

Alguns estabelecimentos já disponibilizam essa comodidade.

As vantagens são tantas — como a rapidez na entrega que garante as condições iniciais do alimento — que a tendência é o crescimento dessa aplicação.

Vale ressaltar que ela pode ser utilizada não só para, por exemplo, a entrega de pizzas, mas também para todo tipo de alimento, como refeições completas e sanduíches.

Controle de incêndios

Alguns drones com essa funcionalidade já foram desenvolvidos e testados.

Utilizam câmeras térmicas e sensores de fumaça a fim de detectar o fogo e ondas sonoras de baixa frequência (praticamente inaudíveis ao ouvido humano) para remover o oxigênio em pequenos focos de incêndio.

Mesmo que combata chamas de baixa intensidade, é um equipamento voltado para a prevenção de incêndios de grandes proporções e ainda pode apontar o local mais seguro para a entrada do Corpo de Bombeiros.

Segurança

Drones equipados com câmeras captam imagens aéreas e auxiliam também na segurança de áreas com grandes dimensões, pois possibilitam uma visão ampla e compartilham as imagens em tempo real. Isso ainda ajuda a identificar vulnerabilidades a fim de aumentar a eficácia das operações.

Essa é uma forma útil para fiscalizar a segurança em áreas rurais e em plantas industriais, onde as operações demandariam muito tempo de deslocamento e o envolvimento de muitos profissionais.

O drone também é aplicado em inspeções e situações extremas, que poderiam colocar em risco a vida dos agentes, como acidentes, invasões ou regiões muito violentas.

Transporte de pequenas cargas

A logística de distribuição sempre foi um gargalo para e-commerces e varejistas.

Essas empresas sofrem com preços flutuantes de fretes, falta de monitoramento das entregas, roubo de cargas, violação dos produtos — que muitas vezes não chegam nas mesmas condições em que foram enviados — e, frequentemente, atrasos que reduzem a credibilidade do negócio.

Porém, o uso de drones para a entrega de produtos, mesmo que seja para pequenas cargas, pode reduzir muito esse tipo de ocorrência.

Desde 2013, por exemplo, a Amazon caminha nesse sentido e estuda a viabilidade de realizar entregas de, no máximo, 30 minutos por meio da utilização de veículos autônomos a partir do centro de distribuição da empresa, uma espécie de Centro Multinível de Reabastecimento Para Veículos Aéreos Não Tripulados em forma de colmeia.

Processos industriais

Drones equipados com sensores são capazes de capturar uma enorme variedade de dados. Com isso, garantem que processos e atividades organizacionais — por exemplo, contagem de estoque — sejam mais eficientes.

Além disso, permitem realizar o monitoramento de processos produtivos, como o acompanhamento do desempenho de pessoas e de máquinas para a mensuração de taxas de ociosidade.

Desastres e emergências

Algumas ocorrências, como terremotos, deslizamentos e enchentes, também requerem monitoramento de imagem para quantificar estragos e identificar novas ameaças. Apesar disso, são locais extremamente perigosos para o acesso humano.

Assim sendo, o uso de equipamentos aéreos como os drones passa a ter bastante relevância. N

a medida em que, rapidamente e de forma segura, eles conseguem registrar o impacto desses eventos na região afetada e indicar a melhor forma de acesso, até mesmo para buscar vítimas e avaliar a capacidade de recuperação da natureza.

Inovações em drones são muito versáteis e permitem uma evolução em diversas áreas, além das aplicações abordadas.

Acompanhar o avanço da tecnologia caracteriza uma vantagem competitiva daqueles que, ao reconhecerem uma oportunidade de negócio, permitem-se testar novas possibilidades para crescer nesse contexto.

Quer conhecer outras possibilidades para a aplicação de drones? Continue conosco e saiba como é possível reduzir custos no orçamento de obras usando a tecnologia. Boa leitura!

O que você acha disso? Deixe aqui a sua opinião!

Endereço

  • Manutenção e Vendas: CLN 208 Bloco B loja 45
  • Escritório: SRTVS Quadra 701 Ed. Palácio do Rádio nº130
  • (61) 3222-1802
  • (61) 99616-5117

REDES SOCIAIS

Assine a Newsletter

Tudo sobre Drones, assine e não se arrependa!




MultiDrones © 2012 - 2018. Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por WOHO MKT

Minimum 4 characters