fbpx

Drones na agricultura: conheça os 8 principais usos

Graças aos avanços tecnológicos, a agricultura ganhou uma nova roupagem com o que chamamos de “agricultura de precisão”.

Assim, a maneira como os processos aconteciam e a forma como as grandes plantações eram gerenciadas diferem bastante dos métodos modernos.

Desse modo, o setor obteve inúmeros benefícios, incluindo a utilização de drones na agricultura para a otimização dos seus sistemas e o aumento da produtividade.

Isso porque os VANTs — Veículo Aéreo Não Tripulado — permitem um acompanhamento mais eficaz de toda a área de plantio, além do processamento de informações, como a capacidade de retenção de água no solo.

Sendo assim, os dias de caminhada pelos campos para inspecionar o rendimento das safras estão quase no fim.

Com a possibilidade acompanhamento ao vivo pela câmera do drone, um único operador é capaz de cobrir muito mais terreno em menos tempo.

Uma visão geral mais ampla oferece aos agricultores uma perspectiva maior dos campos de cultivo que estão sendo inspecionados, levando a uma agricultura mais eficiente.

A partir disso, o conteúdo de hoje foi elaborado para que você conheça alguns dos principais usos dos drones no setor agrícola. Continue acompanhando este post!

1. Controle de desmatamento

A capacidade dos drones de obtenção de dados é imensa, o que justifica o uso do equipamento para identificar o número de plantas em determinadas áreas.

Com base na aplicação dos algoritmos em cima das imagens registradas, é possível reconhecer as regiões que estão sofrendo com o desmatamento a partir da densidade das plantas existentes e planejar o replantio de forma estratégica.

2. Pulverização eficiente

Outra função bastante aplicada aos drones é a solução dos problemas de plantação ou cultivo com produtos químicos.

Essas pequenas aeronaves conseguem otimizar o uso de pesticidas, reduzindo o seu consumo e diminuindo o impacto ambiental desses produtos.

Somando o seu tamanho compacto à sua capacidade de realizar voos rasantes em diferentes velocidades, os VANTs possibilitam a pulverização dos químicos em locais exatos, diminuindo os gastos com pesticidas e aumentando a eficiência.

3. Análise dos campos

Com a utilização desses equipamentos para a captação de imagens em alta qualidade, os agricultores conseguem colher informações extremamente úteis, auxiliando a maximizar as operações agrícolas.

Dependendo de como essas imagens são capturadas, os agricultores conseguem, por exemplo, avaliar o vigor da cultura, localizar uma irrigação ruim, detectar infecções nas árvores, identificar gargalos no crescimento e coletar dados gerais sobre as condições de desenvolvimento.

Essa gama tão diversificada de informações concretas, permite ao agricultor tomadas de decisões mais direcionadas e menos baseadas em suposições.

4. Encontrar focos de incêndio

Aproximar-se de regiões com focos de incêndio é uma tarefa muito arriscada e complicada. É por essa razão que os drones na agricultura têm se tornado a principal ferramenta para combater situações como essa.

Por se tratar de um equipamento versátil e de tamanho reduzido, eles conseguem sobrevoar o local do incêndio com bastante proximidade, mesmo em áreas de visibilidade ruim.

Assim, detectar os focos, ajudar na extinção do fogo e evitar que ele se alastre para o restante da plantação se torna bem mais fácil.

5. Demarcação da área de plantio

Como as aeronaves proporcionam aos produtores uma visão panorâmica e aérea, é possível acompanhar o crescimento da plantação e demarcar os lugares de plantio para que os limites estipulados não sejam ultrapassados.

Além disso, com as imagens de alta qualidade geradas pelos drones, ficou bem mais fácil determinar quais são as melhores áreas para o plantio.

6. Plantação de sementes

Com a utilização dos drones na agricultura, amenizar significativamente os custos de plantio de sementes já é uma realidade. O VANTs têm sido responsáveis pela plantação de até 100.000 árvores por dia.

Eles sobrevoam zonas designadas para coletar dados e, a partir deles, liberam “vagens de sementes” nos locais com maior probabilidade de fertilização.

Esse novo método de plantio de sementes é quase 10 vezes mais rápido se comparado à plantação feita por humanos.

Ademais, esses equipamentos representam uma peça coringa quando surge a necessidade de realizar novas colheitas em regiões de difícil acesso para os agricultores.

7. Monitoramento contínuo

Fazer o monitoramento contínuo de grandes extensões de terra, uma realidade para a maioria dos agricultores, é extremamente difícil.

Felizmente, os drones chegaram para auxiliar a manter o controle de cada metro quadrado, fornecendo a seu controlador informações atualizadas sobre o que está acontecendo exatamente em cada local.

A capacidade das aeronaves de conectarem-se a sensores, por exemplo, permite a coleta de dados não visíveis a olho nu.

Além de tudo, por conseguirem voar mais próximo das áreas monitoradas e realizar suas tarefas com enorme precisão, elas oferecem maior resolução de imagem do que aviões e satélites.

8. Detecção de pragas e doenças

Por meio do processamento de dados feito pelos drones após o voo, também é possível criar um mapeamento das doenças e pragas na plantação.

Tais imagem possibilitam ao agricultor diferenciar as plantas saudáveis das infectadas e ainda acompanhar eficientemente o desenvolvimento da plantação e da proliferação das pragas.

Com a ágil identificação dessas doenças, ações eficazes podem ser tomadas mais rapidamente, o que reduz as perdas e aumenta a produtividade.

Conclusões sobre os drones na agricultura

Configurando-se como uma das tecnologias mais procuradas nos últimos anos, o número de drones na agricultura tem crescido muito e a previsão para os próximos anos é bastante promissora.

Os VANTs têm revolucionado os processos de diversos setores industriais, proporcionado inúmeros ganhos na produtividade e a redução de custos operacionais.

Além de proporcionar todos os benefícios que citamos aqui para o segmento agrícola, os drones também estão sendo incorporados nos âmbitos florestal e ambiental, auxiliando no controle, no monitoramento e em diversas outras aplicações.

Hoje, eles são grandes aliados das plantações que buscam a excelência em florestas de alta produtividade e focam em automação.

Sua grande acessibilidade e seus resultados altamente satisfatórios proporcionam um imediato ROI — Retorno Sobre Investimento.

Agora que você já conheceu as principais utilizações dos drones na agricultura, confira este outro artigo sobre a legislação de drones para aumentar os seus conhecimentos e se tornar um expert no assunto!

O que você acha disso? Deixe aqui a sua opinião!

Endereço

  • Manutenção e Vendas: CLN 208 Bloco B loja 45
  • Escritório: SRTVS Quadra 701 Ed. Palácio do Rádio nº130
  • (61) 3222-1802
  • (61) 99616-5117

REDES SOCIAIS

Assine a Newsletter

Tudo sobre Drones, assine e não se arrependa!




MultiDrones © 2012 - 2018. Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por WOHO MKT

Minimum 4 characters