fbpx

Drone para fotografia: 4 melhores do mercado

O drone para fotografia é uma ferramenta indispensável para fazer imagens aéreas em ambientes externos de forma mais abrangente. Oferece acessibilidade, é mais barata e fácil de operar que aeronaves e produz, de forma inovadora, material incrível para registrar os momentos mais importantes da vida das pessoas.

Para o pleno sucesso de sua utilização, o drone para fotografia exige do operador habilidades técnicas com a câmera fotográfica, conhecimento no seu manuseio e operação, além de cuidados no momento do voo.

O objetivo deste post é explicar como os drones são utilizados na fotografia, os principais modelos encontrados no mercado e os cuidados que podem ser tomados para evitar prejuízos e acidentes. Confira!

Quais são os drones mais recomendados para essas atividades?

1. DJI Phantom 4

Exige um nível de conhecimento avançado para operá-lo e é um dos mais evoluídos do mercado. Por esse motivo, seu preço pode ser um pouco mais “salgado”. Entre suas funcionalidades destacamos:

  • grava vídeo em 4K;
  • faz fotos de 12 megapixels;
  • tem autonomia de 28 minutos;
  • possui um sistema que impede a colisão com outros objetos em linha reta;
  • possui três modos diferentes de pilotagem;
  • oferece 5 modos de voo inteligente;
  • oferece o recurso Activity Track — em que o drone é programado para seguir uma pessoa ou objeto.

2. Phantom 4 Pro

Também exige um nível de operador avançado, já que é uma versão mais evoluída da anterior. É uma excelente versão para produzir fotos com a máxima qualidade e têm preço pouco acessível. Suas principais características são:

  • voa em até 72 Km/h sem desativar o sistema que impede a colisão com outros objetos;
  • seu sistema de anti-colisão está presente em todos os lados da aeronave;
  • apresenta autonomia de 30 minutos;
  • possui um sensor de 1 polegada e 20 megapixels;
  • tem abertura manual ajustável de f2.8 a f11;
  • tem foco preciso, automático e controlável por meio de um botão disparador;
  • sua faixa de foco varia de 1m até o infinito.

3. DJI Mavic

Possui um sistema avançado aéreo de mídia que oferece resultados impressionantes e é bem mais acessível, com preços de até $999. Entre suas características destacamos:

  • contém um suporte de estabilização de 3 eixos;
  • consegue gravar vídeos em 4K, Full HD e com 30 fps;
  • tem um sistema de navegação avançado ajustável ao ambiente;
  • oferece resolução de 12MP;
  • tem autonomia de 27 minutos.

4. DJI Inspire 2

O DJI Inspire 2 oferece recursos modernos que ajudam os profissionais a realizarem gravações com a máxima eficiência. Apesar disso, é o mais caro de todos os apresentados, chegando até R$ 22 mil. Destacamos entre suas funcionalidades:

  • oferece gravação com fuga de obstáculos;
  • possui resolução de até 20,8MP;
  • produz vídeos HD;
  • alcança velocidade máxima de até 110 km/h;
  • com rápida aceleração, alcança 80 km/h em 4 segundos;
  • possui sistema multi-câmera Zenmuse X5S com sensor micro 4/3;
  • possui modo de operador duplo;
  • é facilmente acessado por meio de um aplicativo móvel com controles dedicados e controle remoto com tela de 5,5 polegadas que pode ser conectado a um smartphone;
  • possui 2 baterias e, por isso, tem autonomia energética de 27 minutos;
  • possui exclusivo suporte Gimbal que permite rotacionar a câmera em 360 graus;
  • é mais leve, tem melhor desempenho no ar e resistência por ser constituído de alumínio.

Quais são as exigências para operar um drone corretamente?

Planeje sua utilização com antecedência

O trabalho começa antes da captura das imagens, com o plano de voo, em que é escolhida a melhor rota, o teste do manuseio na cena, o conhecimento dos possíveis obstáculos no ambiente e a busca pelos melhores ângulos.

Avise as pessoas sobre a presença do equipamento para que elas ajam com naturalidade e ignorem o sobrevoo do mesmo.

Atente-se para a ocorrência de intempéries e a velocidade do vento por meio de aplicativos meteorológicos, verifique a fixação dos equipamentos, as baterias sobressalentes, o cartão de memória da câmera e crie um checklist para se basear na execução do serviço.

Opte sempre pela segurança

Mantenha o equipamento de uma altitude segura e controlável, longe de pessoas ou objetos. Faça um voo de teste para se familiarizar com as funcionalidades e verificar suas habilidades de controle, e, se necessário, contrate um especialista para te ajudar nesse período de experiência.

Opere apenas em ambientes ao ar livre para não ter dificuldades em manobrar a aeronave, já que o número de obstáculos reduz consideravelmente.

Use sua criatividade

O drone para fotografia oferece muitos recursos interessantes, mas o que é imprescindível para a qualidade do serviço é a criatividade para a montagem da estrutura da foto, o uso de recursos naturais de forma estratégica, efeitos visuais, entre outros.

Como tirar as melhores fotos com drone?

  • utilize o formato RAW para conseguir corrigir a exposição e as cores;
  • não comprima as imagens do drone para o formato JPEG para facilitar a sua edição;
  • utilize a técnica do bracketing, que consiste em tirar duas ou mais fotos sequenciais mas com configurações diferentes da câmera;
  • selecione corretamente o modo de fotografia, se manual, escolha o ISO mais baixo possível, bem como a velocidade do obturador para minimizar o ruído e problemas nas fotos;
  • alterne entre modo de fotografia M e P para escolher a melhor  configuração para sua foto e ajuste a exposição e o obturador da câmera;
  • saiba estabilizar a imagem em diferentes condições de vento. Saiba que quanto mais alto, maior será o volume de vento em que o drone será submetido;
  • à luz do dia utilize baixo ISO pois já haverá muita luz disponível na cena;
  • em situações de baixa iluminação, encontre o equilíbrio certo entre a captura da luz suficiente e imagens sem ruídos: antes de aumentar o obturador de 3 segundos e a ISO para mais de 800, utilize uma velocidade de obturador mais longa;
  • use filtros adequados para as imagens: de densidade neutra para vídeos, de efeito cinematográfico em fotografias;
  • tenha cuidado ao utilizar filtros neutros que podem escurecer a imagem e introduzir nela ruídos consideráveis;
  • o filtro polarizador pode ser uma opção para obter imagens de melhor aparência, já que reduzem o brilho e aumentam a saturação da cor;
  • verifique a presença de reflexo no solo em relação a câmera, especialmente, nas cenas próximas à água;
  • calibre a bússola do drone no momento da chegada no local;
  • acompanhe a viagem do drone pelo dispositivo móvel em terra;
  • paire por pelo menos 15 segundos antes de subir e não voe em linha reta se as hélices estiverem ligadas;
  • se atente aos pássaros que possam atacar o drone.

Utilizar o drone para fotografia requer um conhecimento mínimo necessário para operar a câmera, assim como o próprio veículo aéreo. Para isso, realize um treinamento que seja suficiente para aprender as regras de voo tanto quanto para operar manobras com toda a segurança que as ferramentas exigem.

Agora que você já tem um drone para fotografia, que tal compartilhar suas imagens e resultados com mais pessoas?

O que você acha disso? Deixe aqui a sua opinião!

Endereço

  • Manutenção e Vendas: CLN 208 Bloco B loja 45
  • Escritório: SRTVS Quadra 701 Ed. Palácio do Rádio nº130
  • (61) 3222-1802
  • (61) 99616-5117

REDES SOCIAIS

Assine a Newsletter

Tudo sobre Drones, assine e não se arrependa!




MultiDrones © 2012 - 2018. Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por WOHO MKT

Minimum 4 characters