fbpx

Uso de drones – Confira 6 mitos e verdades a respeito

Uma das grandes verdades sobre o uso de drones é que essa é uma prática cada vez mais popular — e que está em destaque no Brasil e no mundo. Não seria interessante desvendar alguns dos segredos desse equipamento?

Pensando nisso, neste artigo, vamos esclarecer alguns mitos e verdades sobre o uso de drones. Se você quer saber do que se trata esse equipamento e qual é o seu potencial de uso, bem como a importância de adquirir conhecimentos técnicos para trabalhar com ele, continue conosco e não perca os detalhes deste post!

Equipamento e potencial

Também conhecido por VANT — Veículo Aéreo Não Tripulado —, o drone é um equipamento com hélices que permitem o voo. Ele é manobrado por controle remoto, ou seja, não é necessário ter um piloto.

Os drones são utilizados na realização de várias atividades aéreas. Por isso, existem muitos modelos diferentes, que vão desde os mais leves e pequenos até os mais pesados e maiores.

Seu preço varia conforme os recursos tecnológicos disponibilizados. Atualmente, alguns drones já estão bem acessíveis no Brasil, podendo ser comprados por qualquer pessoa em lojas de produtos eletrônicos e de informática.

Dependendo do modelo, os VANTs têm o poder de contribuir com qualidade e eficiência em um trabalho profissional. De qualquer forma, seja para uma simples brincadeira recreativa ou até mesmo para o uso profissional e militar, o potencial do drone é imenso. Por isso, seu uso tem se tornado tão popular.

Formas de uso

Agora que você já sabe o que é um drone, que tal conhecer algumas formas de uso desse equipamento? Vamos lá!

O VANT pode ser usado em brincadeiras e recreação, onde ele tem o papel de um brinquedo, e para o uso amador, como hobby para adultos — algo que também está em alta. O que muitos não sabem é que ele já foi usado no serviço de transporte e entrega de mercadorias, incluindo de pizzas.

Os drones são muito utilizados em eventos, principalmente em casamentos, atividades esportivas, shows e outras festividades, onde fotógrafos e cinegrafistas usam esse equipamento para capturar excelentes imagens.

Na fotogrametria ou na topografia aérea, o VANT é usado para capturar informações de objetos em solo, sem contato direto com eles. Já na agricultura, é muito utilizado para a aplicação de defensivos agrícolas.

Hoje em dia, é bem comum o uso de drones tanto para monitorar rodovias quanto para fiscalizar construções de grandes empreendimentos. Seu uso também está relacionado com a obtenção de imagens georreferenciadas de mapeamento urbano.

O equipamento também pode ser usado de forma mais ofensiva — como no uso militar, bombardeando alvos inimigos —, pois o custo do VANT é inferior ao de aeronaves convencionais e não há perda de vidas humanas.

Mitos e verdades sobre o uso de drones

1. É necessário ter conhecimentos técnicos para trabalhar com drones

Verdade!

O drone traz novas oportunidades de trabalho. Porém, para realizar um serviço de excelência, deve haver conhecimento técnico — afinal, ele é uma ferramenta.

Em muitos casos, é necessário realizar o levantamento de informações e planejar todas as etapas do projeto antes de se pensar no voo. Por isso, o controlador do drone deve buscar por treinamentos e cursos de capacitação, saber aplicar na prática o que foi aprendido e adquirir experiência antes de se aventurar com o equipamento.

Pense, por exemplo, em um trabalho como o de mapeamento de solo. Para conseguir os resultados esperados, é necessário não apenas controlar o drone, como extrair o máximo dos dados capturados e transformá-los em um produto de qualidade, gerando valor ao serviço realizado.

2. Há legislação para o uso de drones no Brasil

Verdade!

Existe uma legislação em vigor que regulamenta o uso de drones no país. Essa legislação prioriza a segurança do espaço aéreo e visa proteger as pessoas próximas ao local do voo.

Todo equipamento precisa ser homologado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Modelos com mais de 250 gramas devem, ainda, ser cadastrados no site da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

O usuário controlador, além de ter 18 anos ou mais, precisa possuir licenças em órgãos reguladores como o DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) e a ANAC para realizar o voo.

3. Não é preciso ter autorização para fazer um voo com o drone

Mito!

Todos os voos precisam de autorização da ANAC ou do DECEA. Porém, por conta da burocracia e de algumas liberações sobre atividades de recreação — e dependendo do peso do drone —, são poucos os usuários que emitem a documentação necessária.

Os relatos de fiscalização ainda são baixos no Brasil. Mas, para garantir a segurança de todos, algumas regras devem ser respeitadas na realização de atividades com o VANT.

Por exemplo, é necessário respeitar 30 metros de distância horizontal — no mínimo — entre o local em que o drone está sobrevoando e onde estão as pessoas, para garantir uma maior segurança.

Quando o drone sobrevoa um território privado e com aglomeração de pessoas, é preciso ter o consentimento e a autorização de decolagem pelos responsáveis do local.

4. Os drones não podem ficar no ar por muito tempo

Verdade!

No caso de alguns drones comerciais, a capacidade média da bateria é de 40 minutos. Mas, dependendo do equipamento e de suas baterias, a autonomia de voo pode ser reduzida para poucos minutos.

Já para equipamentos específicos de uso militar, o tempo de voo aumenta bastante, passando para algumas horas e variando conforme a tecnologia empregada no VANT.

5. Um drone pode voar a qualquer altura

Mito!

Os órgãos reguladores indicam que a altura máxima para voo é de 120 metros, e o equipamento deve sempre estar ao alcance da visão humana. Ultrapassar a altura permitida pode representar risco de colisão com aeronaves tripuladas e prejudicar o tráfego no espaço aéreo.

Da mesma forma, voos perto de locais específicos — como aeroportos — são proibidos, não importando a altura.

6. É simples e fácil de manejar um drone

Verdade!

Controlar um VANT não é algo tão complexo. Alguns modelos oferecem até sistemas de estabilização, que contribuem para um voo estável e sem maiores problemas.

Ainda assim, mesmo com tantos recursos que facilitam o controle do equipamento, um treinamento inicial é necessário — principalmente se o uso for destinado ao desenvolvimento de atividades profissionais. Somente a capacitação adequada garante resultados de alta qualidade.

Agora que você conhece algumas formas de uso de drones e todo o potencial desse equipamento — bem como a necessidade de treinamento —, e pode tirar suas dúvidas sobre alguns mitos e verdades, fica fácil de entender por que a popularidade dos VANTs só tende a crescer, não é mesmo?

Quer saber mais sobre o uso de drones? Então, inspire-se com estas 11 fotos espetaculares tiradas com eles!

1 Comentário

Comentários estão bloqueados no momento.

Endereço

  • Manutenção e Vendas: CLN 208 Bloco B loja 45
  • Escritório: SRTVS Quadra 701 Ed. Palácio do Rádio nº130
  • (61) 3222-1802
  • (61) 99616-5117

REDES SOCIAIS

Assine a Newsletter

Tudo sobre Drones, assine e não se arrependa!




MultiDrones © 2012 - 2018. Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por WOHO MKT

Minimum 4 characters
%d blogueiros gostam disto: