fbpx

Como usar a tecnologia para aumentar a segurança do trabalho na construção civil?

Promover a segurança do trabalho é uma regra fundamental para qualquer empresa atual, especialmente no ramo da construção civil. Os benefícios vão além de assegurar a integridade do trabalhador e incluem, por exemplo, ganhos de produtividade, ausência de custos com pessoas e equipamentos acidentados, etc.

A queda de um trabalhador que executa serviços em altura em uma obra, por exemplo, pode acarretar em prejuízos, tais como: perda de uma vida, possíveis despesas jurídicas e de reparo de equipamentos, custos decorrentes da parada da produção, desmotivação dos demais colaboradores, danos à imagem dos supervisores e da empresa etc.

Felizmente, graças aos avanços tecnológicos das últimas décadas, aumentar e controlar a segurança do trabalho na construção civil tem se tornado uma tarefa mais fácil. Para saber mais sobre esse assunto, confira este artigo e entenda de que forma a tecnologia poderá ser uma grande aliada na promoção da saúde e segurança dos seus colaboradores!

Entenda a relação entre a tecnologia e o canteiro de obras

Assim como nas nossas vidas pessoais, as inovações tecnológicas têm se tornado cada vez mais presentes dentro dos canteiros de obras.

As trenas métricas têm sido substituídas pelas trenas a laser, o BIM (Building Information Modeling) e o ERP (Enterprise Resource Planning) já controlam os processos construtivos desde a fase de projeto à manutenção predial e a impressão 3D já é uma realidade entre as técnicas construtivas modernas.

Todas essas tecnologias são exemplos de ferramentas que entraram no ramo da construção civil nos últimos anos e têm contribuído de diversas maneiras para melhorar a eficiência produtiva do canteiro de obras.

Além disso, investir em tecnologia durante o processo construtivo implica em agregar valor ao empreendimento, agilizando e integrando processos, reduzindo custos, otimizando a produção e, também, proporcionando segurança ao trabalhador.

Veja os benefícios das tecnologias para aumentar a segurança do trabalho na construção civil

Para demonstrar como a tecnologia poderá se tornar uma aliada na promoção da segurança e saúde dos trabalhadores da sua obra, confira alguns benefícios e exemplos práticos dessa associação!

Treinamento de colaboradores

Proporcionar treinamento ao funcionário pode ser uma das maneiras mais eficazes de garantir a segurança da equipe. Pessoas bem treinadas ficarão mais cientes dos riscos do ambiente de trabalho, permitindo que tomem as ações necessárias para evitar acidentes.

A partir disso, o mercado tem desenvolvido algumas soluções para auxiliar no desenvolvimento dessas habilidades do colaborador. Um exemplo são os módulos de treinamentos e-learning (aprendizagem eletrônica) que podem ser associados a exercícios e simulações online. Alguns recursos ainda oferecem soluções para gerenciamento desses treinamentos pela equipe de segurança.

Com os treinamentos em e-learning, é possível criar uma base comum oferecendo exercícios personalizados sem demandar mão de obra exclusiva para ministrar o curso.

Assim, é possível que, em uma mesma plataforma online, a empresa ofereça um treinamento de segurança que simula situações de perigo específicas para um pedreiro ou para um engenheiro sem que um especialista em segurança tenha que se dedicar exclusivamente a essas duas tarefas.

Dessa forma, é possível criar treinamentos mais individualizados, atualizar mais rapidamente os conteúdos, adequá-los ao ritmo de aprendizado, exemplificar situações de risco sem que haja exposição do colaborador, além de assegurar que as instruções de segurança serão difundidas entre todos os funcionários e terceirizados conforme suas condições específicas de trabalho.

Gestão da segurança

Dentro do ambiente corporativo, os especialistas em segurança do trabalho, normalmente associados aos departamentos de SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde), e os supervisores ficam responsável pelo gerenciamento e aplicação das estratégias para prevenção ou eliminação de acidentes.

Para facilitar essas tarefas, alguns softwares podem auxiliar registrando e integrando informações no decorrer do processo construtivo. O ERP, já citado acima, é um exemplo de ferramenta conhecida pela sua facilidade de gerir processos distintos no dia a dia e que pode ser aplicada na gestão da segurança.

Com esses programas, é possível que os gestores e técnicos acompanhem o andamento da obra e da documentação atrelada, verificando a validade das informações registradas e a periodicidade dos exames e treinamentos obrigatórios.

Além disso, constitui-se uma ferramenta eficiente para cumprimento das recomendações de segurança das Normas Regulamentadoras (NR).

Gerenciamento da condição e recebimento do EPI

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) são ferramentas essenciais para assegurar a integridade do colaborador. No entanto, em empresas com grande número de funcionários, controlar a distribuição e a condição desses equipamentos pode ser uma tarefa árdua.

Os softwares de gestão são tecnologias que auxiliam no registro do recebimento do EPI e permitem controlar a validade desses equipamentos de proteção. Assim, o empregador poderá certificar-se de que os trabalhadores estão recebendo a proteção de forma correta.

Aumento da eficiência do EPI

Além dos sistemas eletrônicos e tecnologias da informação, o mercado também oferece inovações para melhorar a eficiência da proteção que o EPI oferece ao colaborador. As novas soluções são variadas e ainda trazem mais conforto ao usuário.

Já é possível encontrar no mercado, por exemplo, luvas resistentes a diversas condições de manuseio, botinas super-resistentes e leves, capacetes com bom amortecimento e de melhor comodidade, entre outros.

Averiguação de riscos potenciais

Quando nos referimos aos canteiros de obra, detectar problemas potenciais pode ser essencial para eliminar riscos e evitar acidentes. Um documento muito utilizado no dia a dia por profissionais da área de segurança e gestores é a análise preliminar que avalia os riscos inerentes a execução de uma tarefa.

Uma ferramenta que pode ajudar a visualizar esses problemas potenciais são os drones. Esses dispositivos conseguem percorrer locais de difícil acesso que, por isso, podem esconder condições de perigo para o trabalhador.

Por exemplo, com o auxílio de um equipamento desses é possível detectar algum problema em um telhado na qual um operador efetuará alguma tarefa ou mesmo percorrerá grandes edificações identificando circunstâncias associadas a um risco. É preciso, apenas, que haja, periodicamente, a manutenção dos drones para a segurança dos funcionários.

Investigação de acidentes

Mesmo esperando que nunca tenhamos que lidar com acidentes em obras, eles ainda acontecem e é preciso investigá-los para evitar que ocorram outros.

Para isso, há disponível no mercado tecnologias que podem registrar e detalhar o evento, além de acessar o local do acidente sem expor outros colaboradores ao risco. Os drones são exemplos de ferramentas que atendem essa demanda.

Com todas as vantagens que vimos por aqui, podemos concluir que a tecnologia é uma grande aliada para aumentar a segurança do trabalho na construção civil. Ela pode, além de facilitar o trabalho, evitar que diversos problemas aconteçam, ajudando muito no andamento de um projeto.

Se você quiser se aprofundar um pouco mais nesse assunto, não deixe de assinar a nossa newsletter! Assim, você começará a receber conteúdos como este que você leu hoje diretamente em sua caixa de entrada. Cadastre-se!

1 Comentário

Comentários estão bloqueados no momento.

Endereço

  • Manutenção e Vendas: CLN 208 Bloco B loja 45
  • Escritório: SRTVS Quadra 701 Ed. Palácio do Rádio nº130
  • (61) 3222-1802
  • (61) 99616-5117

REDES SOCIAIS

Assine a Newsletter

Tudo sobre Drones, assine e não se arrependa!




MultiDrones © 2012 - 2018. Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por WOHO MKT

Minimum 4 characters