fbpx

7 ideias para você empreender na crise e se sair bem!

Conseguir empreender na crise depende da identificação de boas oportunidades de negócio. Isso porque, apesar da situação adversa, muitas atividades se desenvolvem em tempos instáveis, sobretudo quando há um plano de negócio bem estruturado.

Mesmo com a crise econômica, é totalmente possível criar um projeto de sucesso. Para isso, será necessário conhecer o mercado, as tendências e as particularidades do novo empreendimento, o que inclui um estudo sobre o investimento, custos de produtos, gastos operacionais, entre outros.

E para que você entenda como superar esse momento incerto do mercado com ideias inteligentes de negócio, elaboramos este conteúdo. A seguir, você conhecerá exemplos de empreendimentos que têm altas chances de prosperar em períodos de recessão. Confira!

1. Treinamento em vendas

É indiscutível que todo negócio deseja alavancar suas vendas, especialmente durante o período de crise. Porém, alcançar essa meta sem dispor de um conhecimento mínimo em negociação comercial é muito mais difícil.

Por isso, que tal se especializar em treinamento em vendas e ajudar outros negócios a se manterem ativos durante a crise? Esse tipo de conhecimento possui uma alta demanda em momentos de instabilidade econômica e pode abrir um horizonte para novas formas de negócios.

Quem aposta em treinamento em vendas, não só aprende a vender mais, como aprende a vender melhor e, sem dúvidas, essas são habilidades importantes para se atrair um cliente durante uma crise econômica!

Além disso, há várias formas de propagar esses conhecimentos, seja com a promoção de cursos, especializações ou a produção de e-books educativos, por exemplo.

2. Relacionamento com o cliente

Manter um bom relacionamento com os clientes é algo muito enfatizado e valorizado no atual cenário, porém poucos conseguem fazê-lo de forma adequada e efetiva. Essa situação abre espaço para uma oportunidade de empreender e crescer na crise.

Um dos passos para fazer isso de uma maneira eficiente é conhecendo bem o seu segmento do mercado e o perfil dos seus clientes. E como isso é possível? A resposta está em uma comunicação efetiva.

Nenhuma empresa, por mais inovadora que seja, consegue prosperar sem se comunicar com o mercado e com o seu público.Portanto, se você pensa em se dar bem durante a crise, apostar em negócios que foquem em ajudar as empresas a melhorarem o relacionamento com seus clientes, como o marketing digital, pode ser uma boa opção.

3. Manutenção de drones

Por se tratar de um segmento do mercado em ascensão, a área de manutenção de drones possui inúmeras aplicações não exploradas, o que a torna uma ótima possibilidade de negócio. Isso porque, os VANTs — Veículos Aéreos Não Tripulados — oferecem muito mais do que apenas entretenimento.

No âmbito industrial, por exemplo, esses equipamentos têm sido de grande utilidade, com aplicações interessantes, como:

Por consequência, a necessidade de organizações responsáveis pela manutenção desses aparelhos também tem crescido muito. Apesar de ainda ser um setor comercial recente, já existem empresas de renome no mercado, gerando segurança para novos negócios se desenvolverem.

Porém, vale mencionar que, para obter sucesso no setor de manutenção, é importante seguir as normas de segurança e respeitar a legislação, que exige a certificação — na qual é ensinado a reparar os aparelhos de maneira adequada — de qualquer negócio que pretenda atuar nesse ramo.

Além disso, é preciso destacar que os drones devem ser regulamentados pela ANAC — Agência Nacional de Aviação Civil.

O que se percebe, portanto, é que o mercado de manutenção de drones é um segmento em constante expansão, que oferece novas oportunidades de negócios e empregos. É uma área em que, definitivamente, vale a pena investir e acompanhar de perto, mesmo na recessão.

4. Negociação digital entre varejo, empreendedor e consumidor

Mais uma maneira de empreender na crise é com o setor de e-commerce. Entretanto, construir um negócio de comercialização de produtos do zero é um trabalho bastante árduo e que exige muito comprometimento e um bom capital — o que poucos dispõem nos períodos de crise.

É por isso que os chamados marketplaces tem feito tanto sucesso. Essas plataformas online conectam os empreendedores, varejos e consumidores de maneira rápida , simples e com risco reduzido. Ou seja, o canal facilita a troca de informações e promove o contato direto com o cliente e, também, com os grandes negócios.

Em um momento de instabilidade, a tendência é a redução no consumo. Entretanto, a tecnologia e os avanços que ela proporciona, como os marketplaces e suas possibilidades de compra e venda, sobretudo com custos menores, ajudam a manter o mercado aquecido.

5. Aluguel de produtos

Em períodos de instabilidade econômica, é esperado que os consumidores apostem em estratégias para reduzir os gastos. Por isso, esse é o momento ideal para apostar em negócios que dão essa opção ao seu público.

Nesses casos, os serviços de aluguel são os que mais prosperam, como os espaços de coworking, aluguel de carros, de roupas, locais para festas e equipamentos audiovisuais.

Isso acontece porque, mesmo com a crise, as pessoas não querem deixar de usufruir dos produtos que gostam, mas optam pelo aluguel, já que é uma maneira mais barata de ter acesso ao produto ou serviço.

6. Serviços de reparação veicular

Ainda sobre as decisões de consumo dos clientes em períodos de crise, é comum a procura por serviços de reparos e consertos aumentarem. Pela mesma razão que explicitamos acima, quando não há uma previsão concreta de retornos, as pessoas tendem a querer consertar seus bens aos invés de substituí-los por um novo.

Nesse contexto, móveis, eletrodomésticos, veículos, aparelhos eletrônicos, roupas, calçados e diversos itens são encaminhados para manutenção com mais frequência em períodos de instabilidade financeira.

7. Consultoria de TI

A evolução da tecnologia tem estimulado o aumento dos processos realizados online e eletronicamente. Com tantos computadores e máquinas funcionando para otimizar as tarefas domésticas e comerciais, a necessidade de reparos nesses equipamentos também cresce.

Portanto, investir em serviços de manutenção de computadores, equipamentos de informática, produção de softwares e comunicação multimídia é uma ótima oportunidade para continuar crescendo em tempos de crise econômica.

Conforme visto ao longo do post, aproveitar as oportunidades que são geradas em momentos de instabilidade econômica e conseguir empreender na crise demanda preparo, organização e planejamento. Porém, ao contrário do que possa parecer, existem grandes razões para aguçar o seu olhar de empresário e apostar em áreas que tendem a crescer nesses períodos. Portanto, pense bem nas sugestões apresentadas!

Agora que você já sabe o que fazer em momentos de instabilidade financeira, não perca tempo e comece a exercitar suas habilidades de empreendedor. Confira como está o mercado de manutenção de drones e se prepare para o sucesso!

Endereço

  • Manutenção e Vendas: CLN 208 Bloco B loja 45
  • Escritório: SRTVS Quadra 701 Ed. Palácio do Rádio nº130
  • (61) 3222-1802
  • (61) 99616-5117

REDES SOCIAIS

Assine a Newsletter

Tudo sobre Drones, assine e não se arrependa!




MultiDrones © 2012 - 2018. Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por WOHO MKT

Minimum 4 characters